Loading...

sexta-feira, 6 de novembro de 2009

ENTENDENDO A NOMENCLATURA DA FAMÍLIA DE PROCESSADORES CORE DA INTEL

ENTENDENDO A NOMENCLATURA DA FAMÍLIA DE PROCESSADORES CORE DA INTEL

Compartilhe | Alucard - 25/6/2009

Frequentemente encontro com usuários e até mesmo alguns “técnicos” que se embolam na salada de modelos de processadores que temos no mercado. E uma das perguntas mais comuns que se repetem em fóruns é: “Qual a diferença de dual core pra core duo?”.

A resposta é simples: a expressão “dual core”, traduzindo, significa literalmente todo e qualquer processador que tenha dois núcleos em seu interior. Enquanto Core Duo é o nome da família de processadores (marca) da Intel.

A tendência dos processadores é aumentar o número de núcleos (cores) que possuem, e nada mais inteligente da equipe de marketing da Intel do que colocar a palavra CORE na nomenclatura de seus processadores, forçando na cabeça a associação da palavra com seu produto.

“Tá, mas e aí? Qual processador eu devo comprar?” – É a pergunta que muitos se fazem na hora de adquirir um microcomputador Intel.

Vamos então conhecer toda a família de processadores Intel que carregam a tecnologia CORE, para assim acabar com as dúvidas e confusões.

De acordo com o próprio site da Intel, podemos dividir as características de seus processadores nos seguintes itens:

Número do Processador: Nada mais é do que o nome do modelo do processador.

Núcleos: Os processadores multi-core são chips individuais que contêm dois ou mais processadores distintos ou núcleos de execução distintos no mesmo circuito integrado. Embora independentes cada núcleo pode trabalhar separadamente ou em conjunto para realizar uma tarefa grande.
Os desenvolvedores de software dividem seus códigos de programa (conhecidos como processos) e executam cada parte simultaneamente pelo núcleo de processador que estiver mais disponível. Mais e mais, os desenvolvedores de software passam a depender das tecnologias Intel® quad-core e dual-core para que seus programas de multiprocessos possam realizar mais tarefas simultaneamente produzindo resultados mais rápidos e mais eficientes.

Velocidade do clock: A maneira mais simples de compreender a velocidade de clock é imaginar um cronômetro esportivo que mede voltas. A pergunta então é, onde é usado o cronômetro esportivo: numa piscina olímpica, em uma corrida de autos ou numa pista de corrida?
Como um cronômetro esportivo, a velocidade de clock mede o quão rápido o processador executa uma atividade. Mas, que atividade?
Só depende de você; de como você usa seu computador? Você vai filmar seu filho com a sua nova câmara de alta definição? Então procure um teste de referência (benchmark) que lhe dê a velocidade de clock do processador executando um programa de mídia intensiva. Você vai fazer retoque de fotografias? Procure saber como o processador foi testado com software de fotos que você gostaria de usar.
Dica! Sim, essas medidas estão disponíveis. Essas taxas são apresentadas em gigahertz (GHz), o que significa um bilhão de ciclos por segundo.
Mas os números não contam a história inteira. A forma como você usa seu processador é aquilo que você quer descobrir. Afinal, você não gostaria de comparar uma volta da piscina do centro de recreação com uma corrida de grande prix, certo?

Barramento Frontal: Também conhecido como FSB (Front-Side-Bus), Imagine a RAM do seu computador como uma cidade, e a CPU como outra cidade. Entre elas há uma estrada: o barramento frontal. Quando você faz cálculos, desenvolve gráficos, qualquer coisa que o seu software exige, o barramento frontal transfere dados rapidamente para satisfazer essa exigência.

Cache L2: Imagine que você está chegando à loja local e todas as mercadorias que vai comprar voam das estantes para seu carrinho de compras em alguns minutos.
Esse é cache L2 Ele se lembra das informações que você acessa mais freqüentemente no computador de modo que você pode usá-las facilmente sem as esperas irritantes. (Mas não espere que ele se lembre de documentos que você não salvou. Ele á apenas um computador e não a sua mãe.)
Dica! Maior cache L2 reduz gargalos e ajuda a aumentar o desempenho da velocidade da memória.

Tecnologia do Silício: É a tecnologia empregada na criação do chip do processador.
45 nm—Um nanômetro é um bilionésimo de um metro. Os processadores que lançamos no mercado são 45 bilionésimos de um metro. Para se ter uma idéia do tamanho da tecnologia: você pode colocar 2000 transistores, pela sua entrada, lado a lado e perfazer quase o diâmetro de um fio de cabelo humano. O processo Intel 45nm de háfnio infuso permite aos transistores serem compactados mais densamente que o processo de 65 nm. Com a substituição do dióxido de silício (em uso desde anos 60) pelo óxido de háfnio os novos transistores apresentam menos drenagem de energia, produzem menos calor e comutam mais rapidamente.
Quase o dobro da densidade de nossos processadores significa saltos de desempenho, um cache L2 50% maior e novos níveis de inovação no uso eficiente de energia. Mais meios de resfriamento.
Agora que conhecemos as características básicas dos processadores, vamos ver os processadores em si:

Intel Celeron:
Os processadores Intel Celeron visam atender o mercado de baixo custo, sem necessidade de alta performance e baixo consumo de energia, e assim, baixa dissipação de calor.


Número do
processador Núcleos Velocidade
do clock Barramento
frontal (MHz) Cache L2 Tecnologia
de silício
E1500 2 2,20 GHz 800 MHz 512 K 65nm
E1400 2 2,00 GHz 800 MHz 512 K 65nm
E1200 2 1,60 GHz 800 MHz 512 K 65nm
560 1 2,13 GHz 533 MHz 1 MB 65nm
550 1 2,00 GHz 533 MHz 1 MB 65nm
540 1 1,86 GHz 533 MHz 1 MB 65nm
530 1 1,73 GHz 533 MHz 1 MB 65nm
440 1 2,00 GHz 800 MHz 512 K 65nm
430 1 1,80 GHz 800 MHz 512 K 65nm
420 1 1,60 GHz 800 MHz 512 K 65nm
352 1 3,20 GHz 533 MHz 512 K 65nm
341 1 2,93 GHz 533 MHz 256 K 65nm
335 1 2,80 GHz 533 MHz 256 K 65nm

Clique aqui para pesquisar preços dos processadores Intel Celeron no BoaDica!

Intel Pentium:
A família de processadores Intel Pentium amplia as opções de desempenho e multitarefa. Possuem excelente custo/benefício para a grande maioria de usuários domésticos e até para aqueles que gostam de jogos (visto que para jogos, o componente principal é a placa de vídeo).


Número do
processador Núcleos Velocidade
do clock Barramento
frontal (MHz) Cache L2 Tecnologia
de silício
E5400 2 2,70 GHz 800 MHz 2 MB 45nm
E5300 2 2,60 GHz 800 MHz 2 MB 45nm
E5200 2 2,50 GHz 800 MHz 2 MB 45nm
E2200 2 2,20 GHz 800 MHz 1 MB 65nm
E2180 2 2,00 GHz 800 MHz 1 MB 65nm
E2160 2 1,80 GHz 800 MHz 1 MB 65nm
E2140 2 1,60 GHz 800 MHz 1 MB 65nm

Clique aqui para pesquisar preços de processadores Intel Pentium no BoaDica.

Intel Core2Duo:
Seguindo a evolução da necessidade de processamento e novas instruções, a família Core2Duo de processadores Intel possui uma maior capacidade de processamento em tarefas específicas devido as instruções internas.
Para trabalhos como áudio e vídeo e virtualização, o maior cache e as instruções específicas garantem uma maior performance.


Número do
processador Núcleos Velocidade
do clock Barramento
frontal (MHz) Cache L2 Tecnologia
de silício
E7500 2 2.93 GHz 1066 MHz 3 MB 45nm
E7400 2 2.80 GHz 1066 MHz 3 MB 45nm
E8500 2 3.16 GHz 1333 MHz 6 MB 45nm
E8400 2 3.00 GHz 1333 MHz 6 MB 45nm
E8300 2 2.83 GHz 1333 MHz 6 MB 45nm
E8200 2 2.66 GHz 1333 MHz 6 MB 45nm
E8190 2 2.66 GHz 1333 MHz 6 MB 45nm
E6850 2 3.00 GHz 1333 MHz 4 MB 65nm
E6750 2 2.66 GHz 1333 MHz 4 MB 65nm
E6700 2 2.66 GHz 1066 MHz 4 MB 65nm
E6600 2 2.40 GHz 1066 MHz 4 MB 65nm
E6550 2 2.33 GHz 1333 MHz 4 MB 65nm
E6540 2 2.33 GHz 1333 MHz 4 MB 65nm
E6520 2 2.13 GHz 1066 MHz 2 MB 65nm
E6400 2 2.13 GHz 1066 MHz 2 MB 65nm
E6420 2 1.86 GHz 1066 MHz 4 MB 65nm
E6320 2 1.86 GHz 1066 MHz 4 MB 65nm
E6300 2 1.86 GHz 1066 MHz 2 MB 65nm
E4700 2 2.60 GHz 800 MHz 2 MB 65nm
E4600 2 2.60 GHz 800 MHz 2 MB 65nm

Clique aqui para pesquisar preços de processadores Intel Core2Duo no BoaDica.

Intel Core2Quad:
Essa família de processadores é destinada a usuários que precisam de alta performance. Normalmente utilizados por programadores, profissionais de áudio/vídeo e imagem.
Os programas capazes de utilizar ao mesmo tempo os vários núcleos do processador são altamente beneficiados.


Número do
processador Núcleos Velocidade
do clock Barramento
frontal (MHz) Cache L2 Tecnologia
de silício
Q9550 4 2.83 GHz 1333 MHz 12 MB 45nm
Q9550s 4 2.83 GHz 1333 MHz 12 MB 45nm
Q9450 4 2.66 GHz 1333 MHz 12 MB 45nm
Q9400s 4 2.66 GHz 1333 MHz 6 MB 45nm
Q9300 4 2.50 GHz 1333 MHz 6 MB 45nm
Q8400 4 2.66 GHz 1333 MHz 4 MB 45nm
Q8400s 4 2.66 GHz 1333 MHz 4 MB 45nm
Q8300 4 2.50 GHz 1333 MHz 4 MB 45nm
Q8200s 4 2.33 GHz 1333 MHz 4 MB 45nm
Q6700 4 2.66 GHz 1066 MHz 8 MB 65nm
Q6600 4 2.40 GHz 1066 MHz 8 MB 65nm

Clique aqui para pesquisar preços de processadores Intel Core2Quad no BoaDica.

Vale lembrar que os Celeron, Pentium Dual-Core, Core2Duo e Core2Quad são compatíveis com o soquete 775 de placas-mãe.

Intel Core i7:
Esse processador é a nova arma da Intel. 4 núcleos que podem simular 8 através da tecnologia HT, triple channel (3 canais pra se comunicar com as memórias), turbo boost, cache inteligente e o novo quick path que permite comunicação direta com as memórias.
Todas essas características somadas dão ao Core i7 o título de processador mais rápido do mundo atualmente.
Alto preço e alta performance para entusiastas ou profissionais que querem agilizar seus trabalhos.
Em breve toda a família de processadores Intel será baseada nessa mesma tecnologia.
O core i7 usa o soquete 1366 para suas placas-mãe.


Número do
processador Núcleos Velocidade
do clock Intel®
QuickPath
Interconnect Cache
inteligente
Intel® Tecnologia
de silício Turbo
Boost
i7-940 4 / 8 2,93 GHz 4,8 GT/seg. 8 MB 45nm Até 3,06 GHz
i7-920 4 / 8 2,66 GHz 4,8 GT/seg. 8 MB 45nm Até 3,46 GHz

Clique aqui para pesquisar preços de processadores Intel Core i7 no BoaDica.

O Google também é uma ferramenta magnífica para pesquisar sobre a performance dos diversos processadores em também diversas aplicações, assim facilitando sua compra.

creditos do Boadica

windows 7




Acesso rápido a pastas no Windows 7




Por jonathan



6 de novembro de 2009





Adição de atalho no ícone do Windows Explorer torna mais prática a abertura de pastas e arquivos de uso frequente



É possível adicionar atalhos para pastas ao ícone do Windows Explorer na barra de tarefas do Windows 7. Para isso, clique e segure o botão direito do mouse na pasta desejada. Arraste-a para a barra de tarefas. Para abrir a pasta, basta clicar com o botão direito no ícone do Windows Explorer.



Windows 7

    Camera digital

    Como escolher uma câmera digital
    Muitos megapixel não significam melhor qualidade de imagem, porém uma maior flexibilidade ao fazer ampliações: para fotos de 10X15 por exemplo, uma câmera de 6 megapixel é suficiente.

    Ignore o zoom digital porque, sendo usado, a imagem perde a qualidade. Escolha a que tiver maior zoom óptico.

    Para evitar fotos tremidas, escolha modelos com estabilização de imagem. Hoje em dia há várias opções até com identificadores de sorrisos.

    A maioria dos modelos vem com visor LCD e não possui visor óptico, o que vai ser o diferencial na hora de foto grafar em ambientes de muita luminosidade.

    A maior parte das câmeras possui modos automáticos de fotografia. Mas se preferir procure um modelo com modo de fotografia manual.

    Algumas usam pilhas AA comuns, outras vem com baterias recarregáveis próprias. Considere precisar de baterias extras, e saiba que pilhas AA são mais fáceis de encontrar que baterias, e existem também as pilhas AA recarregáveis.

    Muitas câmeras armazenam seus arquivos no formato JPEG. Poucas usam o formato RAW, ideal para quem vai editar as imagens posteriormente.

    Para armazenar as fotos a maioria das câmeras usa cartões tipo SD (Secure Digital). Utilize um de no mínimo 1 GB.

    Grande parte das câmeras vem com software, mas também pode ser usado um leitor de cartões para descarregar as fotos.

    As câmeras mais populares permitem gravar vídeos com resolução 640 X 480 ou 320 X 240, o que não é de boa qualidade, mas resolve.